Posts Tagged “Internet”

Comparando dados de 2005 com 2009 a utilização da Internet está em crescendo, quer em horas quer em termos de utilizadores. O número de utilizadores masculinos e femininos equiparam-se. Contudo a sua idade, nível educativo e condições económicas influenciam o tempo que passam online.

Infográfico 2005/2009

Infográfico 2005/2009

Os dados apresentados no State of the Internet 2009 são provenientes do Pew Research Center for the People & Press, Technorati, Internet World Stats, Akamai State of the Internet.

Estado da Internet

Estado da Internet

Aceda à página oficial.

Fonte: Bibliotequices

Link permanente

Comments Sem Comentários »

No passado dia 9 de Fevereiro, a Google lançou a sua própria rede social - Google Buzz.

A ferramenta pode ser acedida através da conta de e-mail (Gmail) e permite desde a partilha de links ou fotografias, a vídeos e conversações grupais.

Logo Google Buzz

Logo Google Buzz

É também possível a conjugação com outras ferramentas, como o Picasa o Youtube ou o Twitter.

Ainda que seja recente, as critícas já se fizeram sentir (ver opinião), principalmente em relação a questões de privacidade.

Consulte o sítio oficial.

Quer saber mais? >>

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Quem actualmente procura emprego deverá ter cuidados especiais com o que escreve ou partilha no meio digital.

Este alerta é cada vez mais comum dadas as conjunturas actuais de socialização. No estrangeiro, os departamentos de Recursos Humanos e profissionais responsáveis pelo recrutamento pesquisam informações acerca dos candidatos a emprego na web, verificando tweets (mensagens no Twitter), mensagens em blogues, fotografias e outros perfis online antes de oferecerem um emprego.

Causas de Rejeição

Causas de rejeição de emprego

Numa investigação comissionada pela Microsoft, aferiram-se algumas razões pelas quais as empresas rejeitam candidatos com base nas informações online, aferindo-se que as principais são os comentários inapropriados escritos na web. Ainda que a situação em Portugal não seja citada, será vantajoso estar alerta para esta situação.

Deixamos algumas questões para reflexão: Até que ponto será respeitada a privacidade online dos cibernautas? Que competências específicas serão necessárias aos profissionais responsáveis pela ‘investigação’ dos candidatos a emprego? Até que ponto a sociabilização no meio digital influencia o nosso quotidiano ‘real’ e quais as vantagens/desvantagens que isso acarreta?

Fonte: Digital Inspiration

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Com base numa mensagem de correio electrónico que circulou na Internet, difundida também em vários sítios web, a Blogoteca decidiu reforçar o conhecimento acerca da Biblioteca Digital Mundial, criação da UNESCO que tem como principais objectivos:

  • Promover a compreensão internacional e intercultural;
  • Expandir o volume e a variedade de conteúdo cultural na Internet;
  • Fornecer recursos para educadores, acadêmicos e o público em geral;
  • Desenvolver capacidades em instituições parceiras, a fim de reduzir a lacuna digital dentro dos e entre os países.

Imagem da BDM

Ecrã da BDM

A BDM não oferecerá documentos correntes, a não ser “com valor de património, que permitirão apreciar e conhecer melhor as culturas do mundo em idiomas diferentes: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português.

Os seus responsáveis afirmam que a BDM está sobretudo destinada a investigadores, professores e alunos. Mas a importância que reveste esse sítio vai muito além da incitação ao estudo das novas gerações que vivem num mundo áudio-visual. Este projecto tampouco é um simples compêndio de história em linha: é a possibilidade de aceder, intimamente e sem limite de tempo, ao exemplar sem preço, inabordável, único, que cada um alguma vez sonhou conhecer.

Conforme estas duas afirmações, a Blogoteca incentiva os seus leitores a aceder, por exempplo, à Declaração de Independência Americana, às fábulas de La Fontaine ou à fotografia de Abraham Lincoln em linha. Aceder ao património cultural da Humanidade nunca foi tão simples.

Aceda aqui ao sítio da Biblioteca Digital Mundial ou através da nossa barra lateral de ligações (Outros recursos web).

Texto de correio electrónico (um dos vários locais onde se encontra).

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Ainda preza a sua privacidade na web?

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, referiu este fim-de-semana que “na era das redes sociais as pessoas já não esperam ter privacidade”. No Facebook a privacidade já deixou de ser uma norma social.

Segundo Zuckerberg “as pessoas sentem-se mais à vontade para partilharem mais informação e diferentes tipos de informação, de forma mais aberta e com mais pessoas”, e consequentemente há uma evolução na norma social.

Já foram várias as polémicas à volta da rede social - como uma opção em que as compras efectuadas pelos utilizadores podiam ser visualizadas pelos seus seguidores, tornando-se num forte meio publicitário - que ainda assim mantém mais de 300 milhões de pessoas fidelizadas. Seria, por isso,de esperar críticas. Marshall Kirkpatrick não considera credíveis as declarações de Zuckerberg, alegando que a ReadWriteWeb - da qual é vice-presidente do desenvolvimento de conteúdos e autor - tenciona mudar as mentalidades das pessoas acerca da privacidade online.

Quer saber mais? >>

Fonte: Público

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Principalmente para quem está na área da Educação, mas também para quem tem curiosidade acerca das ferramentas relacionadas com o e-Learning e a Web 2.0, a Blogoteca aconselha a visualização deste mapa disponibilizado online.

Segundo o autor:

This is a collection of usefull web 2.0 and social media applications for anyone in education. I have tried them all and I have seen the potential in them. Now it is up to you and your imagination to use them in your teaching or when studying!

Caso esteja interessado(a), consulte aqui o blogue do autor.

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Recorda-se da antiga Internet? Do tempo que demorava a aceder às páginas web? Já se apercebeu das melhorias ocorridas nos últimos anos?

A empresa Google pretende saber o que os internautas pensam acerca de “fazer a web mais rápida”. Solicita, assim, a quem tenha ideias acerca de como a tornar mais rápida, que partilhe com a comunidade Google.

Veja o vídeo abaixo para descobrir o que os Googlers pensam acerca da questão.

Quer saber mais? >>

Link permanente

Comments Sem Comentários »

A blogosfera, expressão que designa os blogs, webblog ou simplesmente blogue – termo utilizado em Portugal – é o espaço onde se localizam os diários digitais ou eletrônicos da internet. De acordo com o diretório dos blogs Technorati esse tipo de aplicação tem crescido de forma assustadora, chegando a dobrar de quantidade a cada seis meses.

O Technorati indica que, diariamente, são criados cerca de 75.000 novos blogs, praticamente um novo sítio a cada segundo! Todavia, muitos desses diários digitais deixam de ser atualizados e/ou são abandonados pelos seus criadores. Mesmo com essa “morte” prematura, o número de blogs atuantes é impressionante, com mais de 70 milhões de endereços.

Mas, o que é um blog? É uma “página que contém textos curtos, organizados segundo a ordem cronológica e atualizados constantemente. Pode incluir ponteiros para hiperligações a sítios importantes, avaliação de sítios, notícias sobre organizações ou pessoas. Às vezes inclui diário pessoal” (CUNHA, p. 56-57). Essas atualizações, denominadas de postagens (posts), são organizadas como se fossem um diário, na ordem cronológica inversa, isto é, as mensagens mais atualizadas aparecem primeiro.

Alguns especialistas da Comunicação de Massa acreditam que os blogs estão se tornando numa importante forma de mídia alternativa, agregando informações oriundas de diversas fontes, revelando diferentes pontos de vista e, possivelmente, influenciando a opinião em larga escala – uma visão chamada “mídia participativa”. “Provavelmente a maior diferença entre os blogs e a mídia tradicional é que os blogs compõem uma rede baseada em ligações – os links, propriamente. Todos os blogs por definição fazem ligação com outras fontes de informação, e mais intensamente, com outros blogs. Muitos blogueiros mantêm um “blogroll”, uma lista de blogs que eles frequentemente lêem ou admiram, com links diretos para o endereço desses blogs. Os blogrolls representam um excelente meio para observar os interesses e preferências do blogueiro dentro da blogosfera; os blogueiros tendem a utilizar seus blogrolls para ligar outros blogs que compartilham os mesmos interesses” (BLOG OLHAR COMUM).

(…)

Assim como as outras profissões, a Biblioteconomia compartilha o seu conhecimento por meio de livros, periódicos e comunicações em eventos técnicos. O blog, por outro lado, começa a chamar a atenção dos bibliotecários pelas suas características de prover um maior senso de imediatismo, interatividade e informalidade. Esse é, talvez, uma das fontes mais informais da comunicação técnica.

Os efeitos do crescimento no número de blogs chegaram também à nossa área. Já existem inúmeros blogs. Usando como exemplo, uma busca simples feita no Technorati com o termo “library” apresentou a existência de 2791 blogs. Muitos desses sítios se referem a ações desenvolvidas por bibliotecas em diversos países.

(…)

Fonte: A informação

(Originalmente publicado no Infohome).

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Ana Nunes Almeida é socióloga da família e coordenadora de um estudo promovido pelo ICS desde 2008. No estudo, que ainda se encontra em fase de apuramento de resultados, foram já aferidas algumas conclusões que indicam que o contexto e a posição social da família das crianças influenciam o impacto da Internet nas crianças.

Os resultados indicam que variáveis como o tamanho da família ou a relação entre os pais influenciam a  processo de iniciação na Internet, a localização dos computadores em casa e até a vigilância da criança aquando da navegação online.

Com base neste assunto aproveite e veja uma animação, publicada no Diário de Notícias, sobre como proteger as crianças na Internet.

Quer saber mais? >>

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Irá decorrer, de 23 a 26 de Fevereiro, a ICDL 2010 (International Conference on Digital Libraries), em Nova Deli (India). A organização está a cargo do TERI (The Energy and Resources Institute) e o tema da Conferência é “Digital Libraries: shaping the information paradigm“.

As atenções estarão viradas para as vantagens e potencial das Bibliotecas Digitais e os seus papéis no desenvolvimento educacional, cultural, social e económico. A Conferência visa reunir não só estudantes e profissionais da área da Ciência da Informação, mas também das áreas da Educação, de Informática ou responsáveis por publicação electrónica, entre outros. Pretende ainda providenciar uma plataforma internacional para o tratamento de questões relevantes dentro do âmbito das Bibliotecas Digitais.

ICDL 2010

ICDL 2010

O instituto TERI já contribuiu para o movimento das Bibliotecas Digitais através da organização de duas Conferências Internacionais de grande sucesso, em 2004 e 2006. Caso queira estar presente na edição de 2010, inscreva-se aqui.

Quer saber mais? >>

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Bad Behavior has blocked 86 access attempts in the last 7 days.