Posts Tagged “Métodos Quantitativos”

No âmbito do ciclo O Livro do Mês, divulgamos em Fevereiro duas obras da área de Métodos Quantitativos.

Os livros estarão exposto no 1º piso da Biblioteca onde poderá encontrar uma brochura com Informação Biográfica e Bibliográfica da Autora.

Os Livro deste mês intitulam-se Testes de hipóteses com o SPSS: o meu manual de consulta rápida, da autoria de Raul Laureano e SPSS: o meu manual de consulta rápida de Raul Laureano e de Maria do Carmo Botelho

Cartaz do Livro do Mês

Cartaz do Livro do Mês

Obtenha aqui a Brochura com notas biográficas e bibliográficas dos autores desta obra, bem como de outras obras.

Consulte os índices das obras >> Obra 1 << >> Obra 2 <<

Esperamos os seus comentários relativos ao livro ou ao tema.

Link permanente

Comments Sem Comentários »

SEMINÁRIO

Avaliação de um processo produtivo multivariado por meio de técnicas univariadas, na presença de autocorrelação

27 de Maio, 14h30
Sala 329, ISCTE-IUL

Orador:

Adriano Mendonça Souza (Departamento de Estatística da Universidade Federal de Santa Maria)

Resumo:
A evolução tecnológica e os processos de produção exigem que o controle estatístico de processos utilize técnicas alternativas para avaliação de um processo produtivo. O objetivo desta pesquisa é apresentar um procedimento para a monitoração de um processo produtivo multivariado utilizando técnicas univariadas. Técnicas como a análise de componentes principais e de modelos de previsão dos modelos autoregressivos integrados e de médias móveis e dos modelos autoregressivos condicionais a heteroscedasticidade (ARIMA-ARCH), serão utilizadas para gerarem resíduos que sejam investigados por meio dos gráficos de controle X-barra e EWMA, como forma de captar grandes e pequenas variações que por ventura ocorram no processo. Também se pretende determinar o grau de persistência da volatilidade no processo produtivo quando uma ação externa ocorre ao processo. A análise de componentes principais tratou a correlação entre as variáveis e proporcionou a redução de dimensionalidade, e a modelagem ARIMA-ARCH estimou conjuntamente a média e a volatilidade das componentes principais selecionadas, proporcionando resíduos que atendessem as pressuposições para a aplicação de gráficos de controle. Dessa forma, um processo tipicamente multivariado é avaliado por meio de técnicas univariadas, com a vantagem de considerar simultaneamente o comportamento da média e a volatilidade do processo. Sendo assim, apresenta-se um procedimento alternativo para a análise de processos produtivos com características multivariadas.

Link permanente

Comments Sem Comentários »

SEMINÁRIO

O que é Estatística

Prof. João Tiago Mexia
(Professor Jubilado da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa)

9 de Março, 14:30h
Sala C 104 (Edifício II)

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Decorre, até Maio, o conjunto de colóquios “A Matemática das Coisas”, no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva.

Imagem do Evento

Imagem do Evento

Fica o convite para conhecer através de palestras conjuntas de matemáticos e profissionais de outras áreas, como é que a Matemática se revela em coisas tão distintas como a magia, os sinais de trânsito e a codificação dos telemóveis.

A próxima palestra estará a cargo de Pedro Freitas (Universidade de Lisboa) e Luís de Matos (Mágico) e intitula-se “A matemática da magia”. Irá ocorrer pelas 15:30h no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva (Parque das Nações, Lisboa).

Conheça aqui as restantes palestras.

Link permanente

Comments Sem Comentários »

SEMINÁRIO

Localização e dimensionamento de hubs – uma abordagem integrada

Isabel Correia (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa)

10 de Fevereiro, 16h00
Sala C302, Ed. II, ISCTE-IUL

Resumo:
A escolha de boas localizações para a instalação de serviços ou de equipamentos é de importância vital para o sucesso e bom funcionamento dos sistemas e organizações que deles dependem. Os modelos de localização de equipamento/serviços constituem uma ferramenta cada vez mais indispensável no apoio à tomada de decisão em muitos problemas de natureza estratégica e táctica que envolvam decisões acerca do melhor local para a instalação de tais equipamentos/serviços. Estas decisões são, frequentemente, acompanhadas de outras, como por exemplo a decisão acerca da forma como os clientes, comunidades ou mercados alvo serão servidos a partir dos serviços instalados. Um objectivo comum neste tipo de problemas é a minimização do custo de instalação dos serviços e de operação do sistema. Este tipo de problemas tem sido amplamente estudado, o que é comprovado pelas inúmeras referências que podem ser encontradas na literatura com múltiplas variantes destes tipos de problemas.
Um tipo particular de problemas de localização de equipamentos surge em redes de comunicações, onde um objectivo que frequentemente se procura alcançar é o do estabelecimento de formas eficientes a diversos níveis, incluindo o nível económico, para a circulação do fluxo. Em muitas situações, tal passa pela instalação de pontos (equipamentos, serviços, etc.) capazes de processar e consolidar o tráfego que circula na rede redistribuindo-o de uma forma eficaz e garantindo um melhor desempenho do sistema no seu todo. Exemplos clássicos dizem respeito a serviços de tratamento de correio ou unidades aeroportuárias. Os serviços que permitem a consolidação de redistribuição do fluxo na rede são designados por hubs.

Neste seminário é apresentada uma extensão ao clássico problema de localização de hubs com restrições capacidades em que, conjuntamente com a decisão acerca da melhor localização para os hubs, se decide acerca da respectiva dimensão. De facto, um dimensionamento apropriado deste tipo de serviços pode ter um papel decisivo no desempenho de todo o sistema e pode permitir uma poupança significativa nos custos. Para o novo problema são propostos modelos em programação linear inteira mista, bem como diversos conjuntos de desigualdades válidas e testes para fixação de variáveis. Os diferentes modelos obtidos são avaliados utilizando um conjunto de testes computacionais realizados com instâncias geradas aleatoriamente.

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Logo JOCLAD

Logo JOCLAD

“As XVII Jornadas de Classificação e Análise de Dados (JOCLAD2010) decorrem de 25 a 27 de Março de 2010 no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa. São antecedidas por dois mini-cursos que terão lugar a 24 de Março. Estas Jornadas anuais caracterizam-se pela ênfase na estatística e análise de dados como meio de comunicação entre estatísticos e utilizadores. O ambiente da ISCTE Business School é naturalmente propício a uma forte ligação entre o meio académico e empresarial, com destaque para as áreas de data mining e business intelligence.”

(Retirado do sítio web das jornadas)

Quer saber mais? >>

Link permanente

Comments Sem Comentários »

SEMINÁRIO

Departamento de Métodos Quantitativos do ISCTE-IUL

The Behavior of Developed and Emerging Market Returns:

A Factor Analysis Approach


Jorge Caiado
(CEMAPRE, ISEG)

Terça-Feira, Dia 26 de JANEIRO, 15,00h
Sala C505, Edifício II do ISCTE-IUL

Abstract:

The dynamic behavior of developed and emerging market returns in terms of standard univariate statistics, short-term dependence, memory, conditional heteroskedasticity and leverage effects is examined. To investigate the underlying structure among those features, a statistical factor analysis approach is employed separately to both groups of developed markets and emerging markets. To identify clusters of markets and multivariate outliers, factor analysis was used to generate factor scores. The findings suggest the existence of some meaningful factors that differ considerably between developed market returns and emerging market returns.

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Bad Behavior has blocked 399 access attempts in the last 7 days.