Posts Tagged “digitalização”

A Biblioteca Bodleian da Universidade de Oxford, uma das mais antigas da Europa, e a Biblioteca Apostólica Vaticana (BAV) anunciaram nesta quinta-feira que pretendem digitalizar 1,5 milhões de páginas de textos antigos e disponibilizá-las gratuitamente online.

Continue a ler a notícia >>

Link permanente

Comments Sem Comentários »

A Comissão Europeia quer que os Estados-membros da União Europeia (UE) prossigam os esforços para digitalizar o património cultural, pedindo a Portugal que, até 2015, disponibilize por via digital 500 mil novos documentos ou obras culturais.

“Trata-se de um elemento essencial para tornar o património cultural europeu mais largamente acessível e incentivar o crescimento das indústrias criativas na Europa”, assinala o executivo comunitário.

O material digitalizado deve ser disponibilizado através da Europeana, a biblioteca digital europeia, que é também arquivo e museu, e que deve aumentar nos próximos três anos o número de objetos disponíveis de 19 milhões para 30 milhões.

Fonte: SIC Notícias

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Scanner funcionará com câmeras capazes de tirar até 500 fotos por segundo.

Pesquisadores japoneses afirmaram nesta sexta-feira ter desenvolvido uma tecnologia de scanner capaz de copiar um livro de 170 páginas em 1 minuto. Um protótipo do scanner estará pronto dentro de alguns anos, de acordo com o chefe da equipe da Universidade de Tóquio que desenvolve o aparelho, Yoshihiro Watanabe.

O scanner funcionará com câmeras capazes de tirar até 500 fotos por segundo. ”Consideramos que se trata do sistema de scanner mais veloz do mundo, pelo menos levando em conta as tecnologias difundidas publicamente até agora”, afirmou Watanabe. ”Estamos trabalhando com a possibilidade de usar robôs para que virem as páginas automaticamente e com mais concisão.”

Fonte: Veja

Link permanente

Comments Sem Comentários »

De possível interesse aos estudantes, investigadores e docentes do ISCTE-IUL na área dos Estudos Africanos, divulgamos a seguinte notícia:

O Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da Universidade de São Paulo (USP) começou a disponibilizar na internet livros e documentos raros sobre a África produzidos do século 16 ao 19.


O projeto Brasil África, que tem apoio da FAPESP por meio da modalidade Auxílio à Pesquisa – Regular, já construiu a base de dados sobre os documentos para facilitar a pesquisa detalhada das referências e começa a digitalizar imagens.

De acordo com a Márcia Moisés Ribeiro, pesquisadora do IEB e coordenadora do projeto, o objetivo é permitir o acesso a livros e documentos raros sobre o continente africano.

(…)

“São livros raros de viagem, de medicina, sobre a fauna e flora, além da história e das religiões africanas. Sobre a escravidão, há assuntos relacionados ao comércio e tráfico negreiro, como condições da travessia desses escravos, entre outros temas”, disse Márcia.

O processo de digitalização dos documentos da base de dados foi iniciado em maio e a previsão é que até o fim deste ano todas as obras estejam disponíveis no site.

(…)

Leia o resto da notícia >>

Fonte: Agência FAPESP

Link permanente

Comments Sem Comentários »

A Biblioteca da Faculdade de Engenharia da Universidade de Stanford tem um plano interessante: ter cada vez menos livros! A reforma da biblioteca deverá ser iniciada em Agosto e, quando for concluída, terá menos 85% de livros. Estes serão digitalizados, pois uma pesquisa feita na própria universidade indicou que os alunos frequentam cada vez menos as bibliotecas e um grande número de livros não havia sido emprestado por um período superior a cinco anos.

Deste modo, em vez de oferecer os volumes “físicos”, a biblioteca irá oferecer acesso a versões digitalizadas de livros e periódicos – e, especificamente para engenheiros, que normalmente precisam do livro inteiro para consultar uma fórmula ou duas, haverá uma ferramenta de pesquisa que facilitará o processo. A nova biblioteca ainda irá manter 10 mil livros “de papel” – mas isso é pouco comparado com os 60 mil que possui actualmente.

Fonte: Balcão de Biblioteca (orig. Hyperscience)

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Os ministros da Cultura da União Europeia debatem, hoje, em Bruxelas, como hão-de impulsionar a digitalização de livros e de outros conteúdos culturais europeus através de iniciativas como a Europeana, a biblioteca virtual comunitária.

No âmbito do Conselho de Cultura e Juventude, os 27 vão analisar os principais obstáculos a uma maior disponibilidade de livros digitalizados na União Europeia e propor medidas para fomentar as iniciativas públicas e privadas nesta área, apostando em facilitar o acesso às obras que já estão em domínio público.

A UE quer, igualmente, incentivar as contribuições dos Estados-membros para a Europeana - a biblioteca virtual que já coloca à disposição dos cibernautas cerca de cinco milhões de documentos digitais - face ao avanço de iniciativas privadas como o Google Books.

Para finalizar, e se ainda não reparou, a Blogoteca já disponibiliza a hiperligação para a Europeana (Links para outros recursos web). Por que não aproveita para explorar esse recurso?

Fonte: Sapo

Link permanente

Comments Sem Comentários »

O número de livros publicados nos EUA em 2008 aumentou 38 por cento relativamente ao ano anterior (que já tinha subido 38 por cento relativamente a 2006). De onde vêm todos estes livros? Tanto os meios tradicionais como os autores-editores contribuíram para esta abundância. Mas a verdadeira resposta está nas bibliotecas universitárias norte-americanas, que desataram a vender os direitos de publicação dos conteúdos das suas prateleiras – ou pelo menos do que está esgotado ou do que não está sujeito a direitos de autor. O exemplo mais recente: a Universidade do Michigan (em parceria com a Google para a digitalização e com uma filial da Amazon chamada BookSurge para a impressão) planeia disponibilizar mais de 400 mil títulos para venda a pedido. A Cornell planeia fazer o mesmo com 500 mil títulos. E é intenção da Universidade da Pennsylvania acrescentar outros 200 mil. O elogio fúnebre do livro pode ser, à semelhança do que aconteceu com o de Mark Twain, prematuro.

Livro antigo

Livro antigo

Artigo publicado na Revista Única, publicação lançada juntamente com o semanário Expresso, n.º 1929 de 17 de Outubro de 2009.

Link permanente

Comments Sem Comentários »

Bad Behavior has blocked 399 access attempts in the last 7 days.